2018

Nos esportes, estamos acostumados a ver o improvável. Mas testemunhar o impossível é uma história completamente diferente. E em 11 de fevereiro de 1990, quando as probabilidades eram de 42 para 1, foi o impossível que aconteceu em um ringue de boxe em Tóquio, no Japão, quando James "Buster" Douglas derrotou Mike Tyson no campeonato mundial de pesos pesados.

42 to 1

Nos esportes, estamos acostumados a ver o improvável. Mas testemunhar o impossível é uma história completamente diferente. E em 11 de fevereiro de 1990, quando as probabilidades eram de 42 para 1, foi o impossível que aconteceu em um ringue de boxe em Tóquio, no Japão, quando James "Buster" Douglas derrotou Mike Tyson no campeonato mundial de pesos-pesados. O documentário da ESPN "42 to 1", conta a história de como o que aconteceu era incrivelmente improvável. Ele começa em Columbus, em Ohio, onde Douglas cresceu como o filho de um pugilista, que o treinou e o guiou para se tornar um dos maiores competidores peso-pesado em meados dos anos 80. Naturalmente, tudo aconteceu sob a sombra da ascensão de Mike Tyson, que virou um fenômeno mundial em uma notável corrida para o título. Na época em que a luta deles foi definida, Douglas não era levado muito a sério, visto como um mero trampolim para lutas maiores para o grande campeão. Mas no dia em que eles se encontraram, uma série de circunstâncias extraordinárias levou a um resultado inimaginável. Se você era fã de esportes em 1990, nunca vai esquecer onde estava quando ouviu falar da luta entre Tyson e Douglas. Porque, afinal de contas, era impossível.

Data de lançamento:

2018