Piero, um brilhante homem gay de 35 anos, é “namorido” de Remo. Para defender a “diversidade” ele participa das primárias do partido de centro-esquerda, mas, por imprevistos, vence e se vê concorrendo a prefeito, enfrentando todo tipo de preconceito. Como um gay pode ser eleito prefeito no "extremo norte" da Itália? E se ele começar a cortejar politicamente sua co-candidata?

Diverso da Chi?

Piero, um brilhante homem gay de 35 anos, é "namorido" de Remo em uma cidade no nordeste da Itália. Para defender o “direito à diversidade”, entra nas primárias do partido de centro-esquerda e, em seguida, devido a uma série de imprevisíveis acontecimentos, vence e se vê concorrendo a prefeito, enfrentando os preconceitos de seus adversários e o desânimo de seu partido. Como um homossexual pode ser eleito prefeito no “extremo norte”? Para equilibrar as forças políticas, junta-se a ele Adele, uma moderada obstinada apelidada de “fúria centrista”, que se opõe até ao divórcio, um símbolo vivo dos valores tradicionais. O início da campanha é um massacre: Piero e Adele discutem sobre tudo. Mas Remo, que é mais romântico, entende as mulheres e dá conselhos ao seu parceiro sobre como tirar partido do lado bom de Adele. Piero começa a “cortejar politicamente” sua co-candidata até chegarem a um acordo, mas então a situação foge ao controle: os dois são dominados por uma atração irresistível. Tudo começou com um compromisso, mas o “gay puro e seguro” e a “donzela de ferro moderada” entram em um relacionamento secreto, apesar de todos os seus valores, suas identidades e suas plataformas políticas. A essa altura, Piero está confuso, para dizer o mínimo: saiu a campo para defender a liberdade sexual e agora vive um “namoro proibido” secreto com uma mulher –ao passo que, graças à campanha eleitoral, ele agora é o símbolo da libertação gay! O que dirão seus eleitores? O que seus oponentes vão pensar? E, acima de tudo, como ele vai contar isso a Remo? Entre mil vicissitudes de todos os tipos e tamanhos, Piero terá que tentar desvendar a situação em que se encontra e descobrir de que lado está. Ele, que fez da “diversidade” a sua bandeira de batalha, terá que enfrentar a nova realidade e questionar suas próprias decisões.

Data de lançamento:

2009