1988

Quem estaria mais desesperado do que um escravo lamentando a falta suas correntes? Muita risada no sexto episódio das aventuras de Fantozzi, dirigido por Neri Parenti. O contador Ugo, agora aposentado, não sabe como passar o tempo e acaba procurando - e encontrando - uma forma de voltar ao trabalho. Humilhações e zombarias culminam em um roubo sistemático quando ele vai sacar o dinheiro da aposentadoria.

Fantozzi va in Pensione

"Uma nova vida começa para nós a partir de amanhã." Pela primeira vez, o cenário não é mais o escritório, mas passa a explorar a vida familiar e o relacionamento de Fantozzi com sua esposa, Pina. Tendo chegado à aposentadoria junto com alguns de seus colegas, incluindo o agrimensor Filini e a Srta. Silvani, a vida se torna enfadonha e desinteressante para o contador mais infeliz da Itália. Para não se entediar, ele tenta de tudo, mas sempre termina em decepção. Ele acompanha sua esposa Pina ao mercado e volta para casa com um corte de carne. Vai ao cinema com a esposa, mas por engano se vê assistindo Le Casalingue, filme adulto de sexo explícito. Ele chega a adotar um cão bravo terrível, o novo guardião da casa, que dissuade os ladrões que tentam roubá-lo. Há também uma viagem tragicômica do INBEI (Instituto Nacional de Bem-Estar da Itália), organizada por seu amigo Filini, que após um trajeto de 18 horas ônibus para chegar a Veneza, culmina com uma visita à famosa Caverna de Postojna, onde uma estalactite cai do teto e acerta Fantozzi na cabeça. Cada vez mais deprimido e nostálgico em relação ao trabalho, ele tenta arrumar emprego fingindo ter 35 anos de idade, mas acaba humilhado por todos ao ser desmascarado. Sua esposa, Pina, interpretada por Milena Vukotic, será ao longo do filme uma forte companheira de Fantozzi, que passará de entediado a deprimido e acabará implorando para ser readmitido na empresa, descobrindo que seus ex-colegas tomaram a mesma decisão.

Data de lançamento:

1988