Jappeloup é uma história verdadeira sobre tenacidade, desobediência, desilusão, amizade, laços familiares, coragem e, por fim, vitória. Jappeloup era um cavalo considerado pequeno demais para se tornar um campeão. Pierre Durand foi um atleta de saltos que perdeu a fé em seu próprio destino.

Jappeloup

Jappeloup era um cavalo considerado pequeno demais para se tornar um campeão. Pierre Durand foi um atleta de saltos que perdeu a fé em seu próprio destino. Juntos, o cavaleiro e o cavalo cavalgaram triunfantemente na história do hipismo, seu relacionamento muitas vezes sendo tão caótico quanto uma pista de salto em si - com elementos de traição, lealdade e amor. A dupla sofreu uma derrota esmagadora nas Olimpíadas de Los Angeles de 1984 quando, no meio da competição, Jappeloup empacou e jogou seu cavaleiro por cima de um dos obstáculos. A história poderia muito bem ter terminado ali com a humilhação pública em uma arena global. Pierre Durand quase se retirou completamente do hipismo e teria feito isso, se não fosse pelo apoio de sua esposa e pai, e da fé inabalável da cuidadora de Jappeloup, Raphaëlle, neste pequeno mas excepcional cavalo. Pierre Durand finalmente recomeçou, reconciliou-se com Jappeloup e colocou-se firmemente no caminho da vitória. Juntos, eles finalmente triunfaram quatro anos depois em Seul e se tornaram vencedores da medalha de ouro olímpica. O "pequeno" cavalo preto de Pierre Durand é agora considerado um dos maiores cavalos de salto de todos os tempos.

Data de lançamento:

2013