1995

“Como você se torna poeta?” Baseado em um romance de A. Skármeta, o último filme de Troisi é uma adaptação rara que dá vida ao sentimento da poesia. Verão de 1952. Mario é filho de um pescador em uma pequena Ilha Eólia e é contratado como carteiro pessoal de Pablo Neruda. Através de sua amizade com Neruda, Mario usa a poesia para cortejar sua amada Beatrice. Vencedor do Melhor Pontuação Dramática.

O Carteiro e o Poeta

“Como você se torna um poeta?” O último filme dirigido por Troisi, baseado em romance de Antonio Skármeta, foi aclamado pela crítica e ganhou o Oscar de Melhor Trilha Sonora Original. Uma adaptação rara que dá vida ao sentimento da poesia. 1952, em uma das minúsculas Ilhas Eólias, no sul da Itália. Mario Ruoppolo é um homem simples, filho de um pescador que consegue emprego como carteiro para um único cliente, o famoso poeta exilado chileno Pablo Neruda. Com o passar dos dias, o jovem carteiro fica muito fascinado pela figura do poeta. Os dois homens não falam apenas sobre poesia e metáforas; também conversam sobre política e dão vida a uma amizade profunda. Um dia, Mario conhece Beatrice em uma antiga pousada e se apaixona por ela. Neruda ajuda Mario a conquistá-la por meio de seus poemas, para grande fúria de sua tia, que proibiu o namoro. Depois de passar uma noite apaixonante juntos, os dois se casam, com a bênção de Neruda. No banquete de casamento, Neruda recebe a notícia de que o governo chileno suspendeu a proibição e o poeta decide retornar imediatamente à sua terra natal. O tempo passa sem uma palavra, e Mario, agora trabalhando na pousada, começa a fazer sua própria poesia e se filia ao Partido Comunista. O tempo passa, Beatrice espera e, para desgosto de Mario, os democratas-cristãos vencem as eleições. Cinco anos depois, Pablo e sua esposa voltam para a ilha. Uma surpresa desagradável aguarda Neruda, que descobrirá o valor da amizade.

Data de lançamento:

1995