2015

Numa sexta-feira à noite, em Lake Placid, em Nova York, um grupo de universitários norte-americanos surpreendeu a abalada equipe nacional soviética, na competição de hóquei nas Olimpíadas de Inverno de 1980. Os americanos começaram a acreditar em milagres naquela noite. Quando os membros da equipe americana conquistaram a medalha de ouro dois dias depois, eles se tornaram um time histórico.

Of Miracles and Men

A história de um dos maiores reveses da história do esporte já foi contada. Ou será que foi? Numa sexta-feira à noite, em Lake Placid, em Nova York, um grupo de universitários norte-americanos surpreendeu a abalada equipe nacional soviética, 4 a 3 na rodada de medalhas da competição de hóquei nas Olimpíadas de Inverno de 1980. Os americanos começaram a acreditar em milagres naquela noite. Quando os membros da equipe americana conquistaram a medalha de ouro dois dias depois, eles se tornaram um time histórico. Mas havia um outro lado do "Milagre no Gelo" que não foi contado. Os adversários ideológicos dos EUA eram na realidade homens bons e jogadores excepcionais, treinados pelo gênio Anatoli Tarasov. Havia uma razão pela qual eles pareciam imbatíveis, especialmente depois de derrotar os americanos na semana anterior ao início dos Jogos de Inverno. Havia uma certa vergonha de terem que viver o resto de suas vidas com os resultados de 22 de fevereiro de 1980. No filme "Of Miracles and Men", o diretor Jonathan Hock ("The Best That Never Was" e "Survive and Advance") analisa o alcance do "Milagre no Gelo" através da lente soviética. Seu intenso foco no jogo dá um novo suspense e uma nova perspectiva. Mas a jornada da atordoada equipe soviética não começou - nem terminou - em Lake Placid.

Data de lançamento:

2015