2011

A segunda longa-metragem de sucesso realizada por Gennaro Nunziante, protagonizada por Checco Zalone, que também compôs a banda sonora. Checco, de Apúlia, torna-se segurança na Catedral de Milão graças à recomendação de um tio. Apaixona-se por Farah, uma bela rapariga árabe que finge ser estudante de arquitetura e que o usa para detonar uma bomba sob a Madonnina. O filme fá-lo-á escangalhar-se de tanto rir!

Che bella giornata

Checco já reprovou nas provas para os Carabinieri três vezes, mas, graças a mais uma recomendação do seu tio, o bispo, ele consegue um trabalho como segurança na Catedral de Milão. Entretanto, Farah e Sufien, dois irmãos árabes, planeiam um ataque e decidem levá-lo a cabo com a ajuda inadvertida de Checco. Farah finge ser uma estudante de arquitetura e seduz Checco com o intuito de colocar uma mala cheia de explosivos sob a Madonnina, assim que chegar a altura. Naturalmente, Checco cai na armadilha e apaixona-se pela rapariga. Acaba por arrastá-la para aventuras cómicas dentro da sua família apuliense numerosa, num turbilhão de convites, festas e excelentes pratos culinários. Checco, disposto a fazer tudo para conquistar a rapariga, a qual começa também a apaixonar-se por ele, chega ao ponto de roubar a escultura “O Êxtase de Santa Teresa” do museu da catedral para que Farah possa fotografá-la. Está tudo a postos para o ataque e a rapariga entrega uma mala a Checco, dizendo-lho que é um presente e que só poderá abri-lo no topo da catedral. O que acontecerá na sombra da Madonnina? O filme também conta com a participação especial do cantor e compositor Caparezza, que interpreta "Sarà perché ti amo”, de Ricchi e Poveri, e "Non amarmi”, do casal Aleandro Baldi e Francesca Alotta, durante a festa do batizado.

Data de lançamento:

2011