2006

Jean Baptiste Grenouille foi abandonado pela mãe no lixo. Ninguém gostava dele porque ele tinha algo de excecional: não tinha qualquer odor. Contudo, ele era dotado de um olfato extraordinário. Arranjou emprego na casa do fabricante de perfumes Bandini, que o ensinou a destilar essências. Mas ele era obcecado por captar a essência de mulheres da cidade, que teve de matar e mutilar para a obter.

El perfume: Historia de un asesino

Jean Baptiste Grenouille nasceu nos mercados de peixe malcheirosos e foi abandonado pela mãe no lixo. O rapaz cresceu num ambiente hostil, ninguém gostava dele e até os colegas de escola o tentaram matar, tudo isto porque havia algo que o tornava diferente: ele não tinha qualquer odor. Jean Baptiste tinha um nariz excecional. Aos 20 anos conseguiu trabalhar para o fabricante de perfumes Bandini, que o ensinou a destilar essências. Mas ele queria captar outros odores, o cheiro do vidro, do cobre... e, acima de tudo, o cheiro de certas mulheres. Em troca de centenas de fórmulas de perfume com as quais Bandini enriqueceu, ele escreveu-lhe uma carta de recomendação para aprender a arte da ""enfleurage"" na capital mundial dos perfumes: Grasse. Uma vez lá, ele alcança o seu objetivo, um perfume que capta a essência de mulheres da cidade, que ele teve de matar e mutilar para a obter.

Data de lançamento:

2006