2015

Estamos em 1888. O fabricante de violinos Vedder mora em frente à recém-concluída Estação Central de Amesterdão. Ele pode vender a casa por um bom valor, pois querem construir um hotel no seu lugar, mas Vedder fica indeciso. O seu primo Anijs mora em Hoogeveen. Ele é farmacêutico, mas age como médico. Eles são pessoas simples que, ao contrário do bom senso, enfrentam os poderosos.

Publieke werken

Amesterdão, 1888: o irritado fabricante de violinos, Vedder, tem de se mudar porque a sua casa, localizada em frente à recém-concluída Estação Central de Amesterdão, tem de ser demolida para dar lugar ao projetado Hotel Victoria. O seu primo presunçoso, Anijs, um farmacêutico de Hoogeveen, meteu-se em sarilhos devido a tratamentos médicos ilegais e procura uma solução, não só para ele e para a esposa Martha, mas também para um grupo de pobres cortadores de turfa a quem prometeu um futuro melhor na América. Será paixão ou orgulho? Os dois elaboram um plano extremamente arriscado para tirar o máximo proveito, mas com consequências trágicas.

Data de lançamento:

2015