Em 1981, Marcus Dupree era o finalista do secundário mais cobiçado do país, mas a sua curta carreira universitária no futebol americano foi repleta de expectativas demasiado grandes, controvérsias, lesões e conflitos.

The Best That Never Was

Em 1981, o recrutamento de atletas universitários mudou para sempre quando os melhores programas universitários de futebol americano esperavam a decisão de Marcus Dupree, um running back do secundário, extremamente potente e rápido. Prestes a eclipsar o recorde de Herschel Walker de mais touchdowns marcados na história das escolas secundárias, Dupree atraiu olheiros de universidades de todas as conferências mais importantes à sua cidade natal, Filadélfia, no Mississípi. Mais de uma década depois de ser um marco na luta pelos direitos civis, Filadélfia foi, mais uma vez, motivo de atenção nacional. Dupree lidou bem com a atenção e chegou a acordo com Oklahoma. O que se seguiu, porém, foi uma carreira universitária olvidável, repleta de conflitos, lesões e expectativas demasiado grandes. Jonathan Hock, vencedor de oito prémios Emmy, analisou os motivos de esta estrela se ter eclipsado tão cedo e de como acabou por usar o futebol americano para se redimir.

Data de lançamento:

2010