Alemanha, 1919. A I Guerra Mundial acabou recentemente e o império alemão ruiu. Reconhecendo que os velhos costumes não trouxeram nada além de destruição, a Europa é varrida por uma onda de ideias modernas…

Bauhaus

Quando Walter Gropius conhece a jornalista Stine Branderup em 1963, ele pode recordar uma vida atribulada. Mas Branderup não está interessada nas partes muito documentadas da sua vida, em vez disso, ela confronta-o com a acusação de que ele traiu os ideais modernos da Bauhaus. Ela queixa-se de que as mulheres na escola dele não foram apoiadas e que ele suprimiu sistematicamente o talento feminino. Branderup pede-lhe para comentar o caso de Dörte Helm, que estudou na Bauhaus. Alemanha, 1919. A I Guerra Mundial acabou recentemente e o império alemão ruiu. Reconhecendo que os velhos costumes não trouxeram nada além de destruição, a Europa é varrida por uma onda de ideias modernas. Durante este tempo de mudança, uma jovem chamada Dörte Helm estuda numa escola de artes conservadora em Weimar. Ao ouvir o primeiro discurso de Walter Gropius na recém-inaugurada Escola Bauhaus, ela apressa-se a inscrever-se lá. Gropius tem feito inimigos com os seus conceitos modernistas de arte e arquitetura, mas para Dörte ele simplesmente abre portas novas. A Bauhaus torna-se de imediato num terreno fértil para aqueles que procuram rejuvenescer a pintura, a música e a sociedade - e é neste ambiente febril que Dörte e Gropius se aproximam. Dörte liberta-se gradualmente do espartilho dos tempos e segue o seu próprio caminho como mulher, artista e ativista. Mas enquanto novas formas de vida evoluem na Bauhaus e novas esperanças surgem, a hiperinflação deixa vários setores da sociedade pobres, famintos e desesperados. O nacionalismo conservador de direita está a ressurgir e agora representa uma ameaça real para o nascimento da nova era - e para a sobrevivência da Bauhaus. Gropius enfrenta um dilema - se ele deseja salvar a escola, tem de comprometer os seus princípios. Quando a entrevista de Branderup e Gropius se aproxima do fim, alguns dos sentimentos e lutas do passado permanecem. As obras de arte que rodeiam Walter Gropius na sua moradia na costa leste dos EUA são testemunhos da época e tão protagonistas da série como os muitos artistas e designers de renome que se reuniram sob o teto da Bauhaus - Johannes Itten, Oskar Schlemmer, Lyonel Feininger, Gertrud Grunow, Laszlo Moholy-Nagy, Paul Klee, Wassily Kandinsky, Marcel Breuer, Gunta Stölzl, Marianne Brandt, Josef e Anni Albers - e que fez dela a escola de arte que definiu o séc. XX como nenhuma outra.

Data de lançamento:

2019