Em 9 de agosto de 1988, a NHL nunca mais foi a mesma depois que o Edmonton Oilers mandou Wayne Gretzky para o Los Angeles Kings.

Kings Ransom

Em 9 de agosto de 1988, uma canetada mudou o destino da NHL. O Edmonton Oilers, que tinha acabado de conquistar a quarta vitória na Stanley Cup em cinco anos, assinou um acordo que mandou Wayne Gretzky, que era considerado um tesouro nacional canadense e o maior jogador de hóquei de todos os tempos, ao Los Angeles Kings em um acordo multimilionário que envolvia vários jogadores. Enquanto os fãs perplexos do Oilers tentavam entender o impensável, os fãs em Los Angeles corriam para as bilheterias do Kings para comprar ingressos para a temporada em um ritmo frenético. Da noite para o dia, uma franquia que nunca fez muito sucesso em seus 21 anos de existência de repente estava jogando em estádios lotados e sendo aplaudida de pé, e uma liga que não tinha muita relevância foi de 21 para 30 times em menos de uma década. O aclamado diretor Peter Berg apresenta a história fascinante do acordo que deixou um país inteiro desnorteado e colocou uma cidade repleta de estrelas aos pés de um garoto de 27 anos, conhecido simplesmente como "O Grande”.

Data de lançamento:

2009